Mercedes-Benz tem novas instalações no Paraná


Grupo Ingá inaugura loja com 9 mil metros quadrados de área construída no município de Cambé, região metropolitana de Londrina

Nelson Bortolin

O Grupo Ingá, concessionário da Mercedes-Benz Caminhões, inaugurou na manhã desta sexta-feira, 17, sua nova sede na PR 445, em Cambé, no Paraná. A empresa trocou o antigo prédio que mantinha na região urbana de Londrina por instalações modernas no município vizinho, na rodovia que dá acesso a São Paulo. Foram investidos aproximadamente R$ 20 milhões em 9 mil metros quadrados de área construída, num terreno total de 90 mil metros quadrados.

Alberto Giaretta, diretor comercial do Ingá Veículos

Alberto Giaretta, diretor comercial do Ingá Veículos, diz que o grupo tem dez lojas, seis no Paraná, três em Santa Catarina e uma em São Paulo. E que já modernizou as instalações de quase todas. “O transporte mudou muito. Os caminhões são maiores.  As instalações de Londrina estavam num prédio de 50 anos. Um bitrem não entrava engatado”, justifica.  A nova sede, de acordo com Giaretta, está preparada para atender a região por 20 anos

A diretoria da Mercedes-Bez foi ao Paraná participar da inauguração. “O Ingá é um dos grandes grupos que temos como parceiros e que atua numa região estratégica para a Mercees-Benz”, afirmou Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas, Marketing e Peças & Serviços Caminhões e Ônibus da montadora. Trata-se, segundo ele, de uma região com muita participação de caminhões extrapesados, segmento no qual a MB buscar crescer mais.

Leoncini diz que a nova loja atende aos pedidos dos clientes. “Com a antiga sede, nós sabíamos que não estávamos atendendo o mercado do jeito que deveríamos atender. Agora sim, temos instalações adequadas, com vagas passantes para veículos longos”, conta

Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas, Marketing e Peças & Serviços Caminhões e Ônibus da MB

De acordo com o vice-presidente, a marca Alemã detém apenas 17% de participação nos extrapesados on road. E que, portanto, tem muito a crescer no segmento. Questionado sobre qual seria a meta de crescimento, ele responde: “Não vamos falar em um porcentual porque se a gente fala a gente chega lá e para. Temos potencial para ir avançando”, declara.

Segundo Leoncini, a marca hoje tem produtos adequados para disputar o mercado de extrapesados. “No ano passado, vendemos 820 Actros. Neste ano, já foram 1.300. No ano que vem vamos vender muito mais. E temos o novo Axor que mostramos na Fenatran, com piso plano. Fizemos 40 modificações nos nossos produtos para atender os motoristas e frotistas”, afirma.

PARCERIA COM A MICHELIN

A concessionária de Cambé passa a ser a primeira do grupo Ingá a contar com uma recapagem Michelin.  Conforme explica Antonio Crespo, diretor de Marketing e Vendas da Michelin América do Sul, as duas empresas já mantêm uma parceria de 20 anos. “É muito importante ter um parceiro que também acredita na recapagem porque recapagem faz parte da estratégia da Michelin. Temos a melhor carcaça do mercado. Para valorizar nossa estratégia, precisamos de oficinas homologadas com profissionais capacitados para fazer com que o custo por quilômetro seja o mais baixo possível para o frotista”, alega.

O diretor do grupo Ingá, Alberto Giaretta, ressalta que, com a recapadora, a loja oferece o mais amplo atendimento ao cliente. “Vamos vender o caminhão, atender o cliente no pós- venda, recuperar os veículos com uma funilaria de alto nível – temos a cabine de pintura mais top do Brasil – e, para completar, vendemos e recondicionamos pneus Michelin.”

Das 40 recapadoras da Michelin, 20 estão em concessionárias. A unidade de Cambé tem capacidade para recapar 2 mil carcaças mês.

MAIS SOBRE A NOVA SEDE

A concessionária dispõe de 23 vagas passantes na oficina mecânica,  tem cabina de pintura de última geração, 9 vagas para funilaria e box para lavagem de veículos com água de reúso. Disponibiliza ainda cerca de 150 vagas de estacionamento para clientes e para atendimento de pós-venda, além de um pátio para mais de 100 caminhões com carretas.

Também há uma área de descanso, lazer e apoio para os motoristas – com computador, acesso à internet, refeitório e TV – enquanto eles aguardam a execução de um serviço.

Source: Carga Pesada

Leave a comment