Otimismo moderado para 2020


Otimismo moderado para 2020

Após uma Fenatran que superou todas as expectativas, empresários do setor de transporte avaliam que o Ano Novo será melhor, mas sem euforia

Nelson Bortolin

Embalados por uma Fenatran tida por alguns como a melhor de todos os tempos, a indústria brasileira de caminhões e os grandes frotistas projetam um 2020 mais próspero que 2019. A 22ª edição da feira, realizada de 14 a 18 de outubro em São Paulo, movimentou cerca de R$ 8,5 bilhões. Somente a Volvo anunciou negócios na casa de R$ 1 bilhão.

Os indicadores econômicos do fim do ano também adicionam otimismo ao cenário. Inflação sob controle, juros no nível mais baixo da história, desemprego em queda e aceleração do Produto Interno Bruto (PIB) são alguns deles.

O clima não é de euforia, já que o desemprego cai menos do que se deseja e a informalidade aumenta. O crescimento do País, projetado em 2,2% para 2020, também não é lá nenhuma Brastemp. Mesmo assim, já será mais que o dobro da expansão de 2019.

Ana Carolina Ferreira Jarrouge

Presidente executiva do Sindicato das Empresas de Transporte de Carga de São Paulo (Setcesp), Ana Carolina Ferreira Jarrouge diz que o setor de maneira geral está preocupado com a situação da economia brasileira. “2019 foi um ano muito difícil. As empresas estão endividadas e com capacidade reduzida de investimento. Mas sinto um clima de mais otimismo.”

Para ela, medidas da equipe econômica têm surtido efeito, sinalizando para investidores externos os benefícios de investirem no Brasil. “O pior já passou. É muito difícil para um empresário conduzir sua empresa num clima ruim quanto à economia.”
Na visão da advogada, 2020 será um ano melhor. “Não tanto como queríamos, mas estamos tendo uma melhora gradual. Quando a economia vai bem, o transporte também vai.”

Cláudio Adamuccio, do G10

O presidente da Transpanorama e do Grupo G10, Cláudio Adamuccio, de Maringá, faz análise parecida: 2019 foi um ano em que o setor “andou de lado”. Para 2020, ele espera crescimento. “Ficamos no zero a zero em 2019, espero que as reformas realizadas pelo governo façam efeito e a partir do ano que vem a gente possa voltar a crescer.”

Especificamente no setor de grãos, num dos quais a Transpanorama atua, o empresário não vê melhorara expressiva. “A safra deve ser 0,5% maior, mas essa expansão é absorvida pelos outros modais de transporte que estão crescendo no Brasil.”

Um bom Ano Novo para todos.

O post Otimismo moderado para 2020 apareceu primeiro em Revista Carga Pesada.

Source: Carga Pesada

Leave a comment