Transmissão de seis marchas da ZF equipa nova Sprinter


Transmissão de seis marchas da ZF equipa nova Sprinter

Três derivações da transmissão 6S 480 são fornecidas para os modelos da nova linha da Mercedes-Benz

A nova geração da transmissão mecânica de seis marchas 6S 480 da ZF equipa a nova linha Sprinter, lançada pela Mercedes-Benz para o mercado brasileiro em outubro. Produzida na fábrica da ZF em Sorocaba, SP, a nova transmissão tem diversos novos atributos desenvolvidos especialmente para a os novos modelos vans, furgões e chassi com cabina. Em relação à transmissão 6S 450 que equipava o modelo anterior da Sprinter, a nova transmissão traz uma série de novidades. O novo modelo tem novo escalonamento de marcha, sensor de identificação de marcha e preparação para montagem de PTO para tomada de força.

A ZF está fornecendo três derivações da transmissão 6S 480 para os modelos da nova linha Sprinter. Desde a versão básica, até a versão com o sensor de identificação de marcha e uma terceira variante com disponibilidade para instalação de tomada de força (PTO – Power Take Off), com a função de fornecer força motriz para implementos como caçambas, bombas de água, entre outros.

Como resultado de um trabalho de personalização no desenvolvimento da transmissão para a Mercedes-Benz, a engenharia alcançou a otimização em vários itens em relação à transmissão utilizada anteriormente. “Houve uma redução de peso de 3%, com dois quilos a menos na transmissão, redução de 10% de óleo para versão sem preparação para PTO e aumento de 6% de torque, dependendo da aplicação. Adicionalmente, a 6S 480 trouxe melhor conforto de engate, reforçando ainda mais a sua posição de excelência neste quesito no segmento. Além dessas vantagens, alcançamos uma transmissão que contribui com o meio ambiente, não só em relação à sua maior eficiência, como também à redução na utilização de óleo” completa Israel Valle, Head de Negócios e Engenharia da Divisão de Transmissões Comerciais da ZF América do Sul.

De acordo com o executivo, o novo sensor de identificação de marcha foi introduzido pela primeira vez na linha de produção de Sorocaba para o segmento de veículos comerciais leves. O sistema traz recursos que estão chamando atenção dos clientes finais, principalmente em relação à segurança e conforto de dirigibilidade. Além de fazer a leitura sobre qual marcha está sendo engatada durante a condução do veículo, com o identificador é possível implementar o sistema de assistente de partida em rampa, assim como câmera de ré.

Além de mais leve, a transmissão idealizada para a nova linha Sprinter traz um pacote de sincronização e sistema de trambulação otimizado que permite maior precisão nas trocas de marcha e um novo escalonamento.

A transmissão 6S 480 é ideal para aplicação em veículos comerciais leves, caminhões e micro-ônibus de até sete toneladas e caminhonetes e vans de até 3,5 toneladas. Com seis velocidades, mecânica e sincronizada, a 6S 480 possui capacidade de torque de entrada de até 450 Nm para aplicações em veículos de até sete toneladas e 480 Nm para caminhonetes de médio porte.

Desenvolvimento e produção

De acordo com Israel Valle, o desenvolvimento do produto foi realizado pela ZF na Europa, com participação ativa de engenheiros de aplicação e processos do Brasil, em parceria com a Daimler Stuttgart e Mercedes Argentina.

Para este fornecimento, os processos de validação foram iniciados em meados de 2015. “Foram realizados testes de bancada para validação de componentes em geral como carcaças, eixos e engrenagens, peças de trambulação, entre outros, além de testes de durabilidade de transmissões em bancada e veiculares na Europa e América do Sul”, explica.

A produção da 6S 480 ocorre na linha de montagem flexível da ZF em Sorocaba, SP, inaugurada em setembro de 2016 para um outro modelo de transmissão. A linha está equipada com ferramentas de última geração e faz parte da família destinada à faixa de aplicação para veículos leves. Exclusivamente para a versão Sprinter, foram desenvolvidos aproximadamente 20 novos componentes como carcaças, eixos e componentes do sistema de mudança. O banco de testes foi atualizado em relação a software e hardware, em atendimento ao novo posicionamento do sistema de mudança externo à transmissão, bem como introdução de testes com o sensor de identificação de marcha. Novos dispositivos de montagem e controle foram implementados. “Todo o processo de produção é inteligente e flexível, à prova de falhas, a fim de assegurar flexibilização da linha com outros produtos”, explica Israel.

A nova geração da transmissão 6S 480 substitui a produção da 6S 450 que equipava a versão anterior da Sprinter, onde, em sete anos, foram produzidas mais de 100 mil unidades para atender o fornecimento à montadora.

O post Transmissão de seis marchas da ZF equipa nova Sprinter apareceu primeiro em Revista Carga Pesada.

Source: Carga Pesada

Leave a comment