Volvo comemora 1 milhão de veículos conectados no mundo


Volvo comemora 1 milhão de veículos conectados no mundo

Somente na América Latina já são 80 mil, segundo o grupo

O Grupo Volvo celebrou nesta quinta-feira (3) a marca de um milhão de caminhões, ônibus e equipamentos de construção conectados em todo o mundo. Através do uso inteligente de dados é possível melhorar a produtividade, aumentar a disponibilidade, reduzir emissões e ruídos, além de melhorar a mobilidade e a segurança no trânsito. Somente na América Latina, chega a 80 mil o número de veículos comerciais da marca conectados.

“As soluções conectadas permitem que os caminhões, ônibus e equipamentos de construção de nossos clientes fiquem mais tempo em operação, com mais segurança para os motoristas e operadores e também para os outros usuários das ruas e estradas, com menos emissões de dióxido de carbono. O primeiro milhão de dispositivos conectados é apenas o começo. Estamos comprometidos em manter nossa liderança em conectividade”, afirma Martin Lundstedt, presidente e CEO do Grupo Volvo.

O número de 1 milhão de veículos comerciais conectados foi atingido hoje, na Dinamarca, durante a cerimônia de entrega de quatro escavadeiras para o cliente GSV Materieludlejning. “Esse é um momento importante para o Grupo Volvo. Estamos felizes em entregar máquinas que, além de robustas e adequadas para o trabalho, também estão equipadas com soluções conectadas para tornar mais fácil a operação diária”, afirmou Jens Ejsing, Diretor da Volvo Construction Equipment na Dinamarca, durante a entrega dos equipamentos para Dan O. Vorsholt, CEO da GSV Materieludlejning

Pioneirismo

Na medida em que as cidades crescem, aumenta a demanda por infraestrutura e também pelo transporte de carga e passageiros. “O Grupo Volvo é pioneiro em veículos conectados. Estamos utilizando o conhecimento e a experiência que adquirimos com a conectividade para fazer alianças estratégicas com nossos clientes e também com outros parceiros, acelerando o ciclo de inovação, complementa Lars Stenqvist, Chief Technology Officer do Grupo Volvo.

Controle Automático de Velocidade

O Grupo Volvo usa dados dos caminhões, ônibus e equipamentos de construção conectados para desenvolver soluções que tragam valor para seus clientes e para a sociedade como um todo. Um bom exemplo são os ônibus conectados, que usam sistema de controle automático de velocidade que permite ao veículo circular em total conformidade por áreas onde há restrições de trânsito, de emissões, de ruído e de velocidade.

Planejamento de serviços

Para proprietários de caminhões, ônibus e máquinas, disponibilidade é fundamental. Graças à coleta de dados é possível prever o desgaste de peças críticas, planejar serviços e solicitar componentes antecipadamente. Isso permite uma redução do tempo que os veículos ficam parados, levando a uma maior produtividade. É o que a Renault Trucks oferece, por exemplo, com a nova oferta Excellence Predict.

Já o sistema Volvo Connect combina todos os serviços conectados e digitais utilizados pelos clientes de caminhões Volvo em uma interface única, permitindo que a operação dos veículos seja mais simples no dia a dia.

Máquinas monitoradas

Em equipamentos de construção, o sistema de gerenciamento de frota Care Track permite que clientes e distribuidores monitorem dados de produtividade.

Na Suécia, a Volvo desenvolveu uma solução de controle de peso para o cliente NCC. Tanto o operador do equipamento de construção quanto o motorista do caminhão monitoram a capacidade de carga em tempo real. O resultado é uma solução de transporte com alta produtividade e menor impacto ambiental.

Mais produtividade

“A conectividade está transformando o setor de transportes. A partir dos dados coletados podemos trazer valor para nossos clientes e para a sociedade como um todo, tornando o transporte mais produtivo, mais sustentável e mais seguro”, finaliza Anna Westerberg, vice-presidente sênior de Soluções Conectadas do Grupo Volvo.

O post Volvo comemora 1 milhão de veículos conectados no mundo apareceu primeiro em Revista Carga Pesada.

Source: Carga Pesada

Leave a comment