Banco Volkswagen conquista classificação máxima com rating AAA pelo terceiro ano consecutivo


Banco Volkswagen conquista classificação máxima com rating AAA pelo terceiro ano consecutivo

Agência Standard & Poors manteve a nota mais alta, uma espécie de selo de “bom pagador”, o que demonstra a solidez financeira da instituição

O Banco Volkswagen, braço financeiro da Volkswagen Financial Services Brasil, em relatório final de rating divulgado pela Standard & Poors, uma das principais agências de risco do mundo, confirma classificação “brAAA”, com perspectiva estável. O resultado de destaque se mantém pelo terceiro ano consecutivo.

O rating AAA, o mais alto na escala, é uma espécie de selo de “bom pagador”. Isso permite que a instituição consiga captar recursos com um custo mais baixo, possibilita oferecer produtos e serviços mais competitivos aos clientes, aumentar a rentabilidade e garantir uma maior sustentabilidade dos negócios. O rating proporciona também maior visibilidade da consistência de gestão do portfólio da empresa. Atuando sob os mais rígidos padrões de governança internos e externos, o rating reforça junto aos investidores a disposição da empresa em inovar e permanecer na liderança de seu segmento.

“A manutenção do rating brAAA, pelo terceiro ano consecutivo, demonstra a solidez financeira do Banco Volkswagen. Mesmo diante de um cenário desafiador, conseguimos manter uma posição de liquidez e de capital robustas, preservando nossa relevância estratégica para os negócios do Grupo Volkswagen no Brasil. É importante ressaltar e agradecer o envolvimento de diversas áreas da companhia na preparação dos materiais solicitados pela Standard & Poors e a agilidade nas respostas dos questionamentos. Esse é um esforço e uma conquista de toda a empresa para seguirmos com produtos atrativos e de destaque aos nossos clientes”, explica Rodrigo Capuruço, Managing Director da Volkswagen Financial Services Brasil.

 

O post Banco Volkswagen conquista classificação máxima com rating AAA pelo terceiro ano consecutivo apareceu primeiro em Revista Carga Pesada.

Source: Carga Pesada

Leave a comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.