BMW X3 e X4 ganham novo visual e sistema híbrido leve


Reestilização dá ao X3 e ao X4 grade frontal maior vista nos últimos lançamentos, além de melhoria no desempenho das opções esportivas M Competition

 

A BMW apresentou hoje os novos X3 e X4, agora com a identidade visual vista nos seus últimos lançamentos. O destaque, claro, fica com a ampla grade frontal, além de ganharem sistema híbrido leve de 48V também nas versões a gasolina. As vendas na Europa começam ainda neste ano, com estreia mundial na China em agosto e sua primeira aparição pública para o mercado europeu marcada para setembro.


Com a reestilização, além da grade, são novos os faróis full LED (agora mais finos), os para-choques e as lanternas traseiras. Ambos também recebem configurações esportivas M renovadas, com design mais agressivo, rodas de 19 polegadas – com opcionais de 20″ e 21″ – e pinças de freio nas cores azul ou vermelho.


Já no interior, o X3 e o X4 exibem novo console, tela da central multimídia com 10,25″ de série e outra opcional de 12,3″, bancos e saídas de ar redesenhados, além de novos controles para o ar-condicionado automático de três zonas.

Conjunto mecânico

São ao todo sete opções disponíveis na Alemanha, com três opções a diesel e quatro a gasolina, entregando potências entre 184 cv e 360 cv. Com o motor 2.0 TwinPower Turbo a gasolina de quatro cilindros em linha estão as versões X3 xDrive20i e X4 xDrive20i, de 184 cv. Nesses casos, a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 8,4 segundos. O propulsor 2.0 também equipa as configurações X3 xDrive30i e X4 xDrive30i, de 245 cv e 0 a 100 km/h em 6,6 segundos.

Por fim, completam a gama das versões a gasolina o X3 M40i e o X4 M40i, com motor 3.0 M Performance TwinPower Turbo de seis cilindros em linha e 360 cv. Os dois modelos vão da imobilidade aos 100 km/h em 4,9 segundos

Há ainda o híbrido plug-in X3 xDrive30e, que conta com um motor a gasolina de quatro cilindros em conjunto com outro motor elétrico. Juntos, eles rendem 292 cv. Segundo a BMW, no modo totalmente elétrico, sua autonomia é de 50 quilômetros.

Em todas as versões, o câmbio é automático de oito marchas – nas configurações X3 M40i, X3 M40d e em todas as opções do X4, a transmissão esportiva inclui o sistema Launch Control. No mercado alemão, a tração é sempre integral.

Vale lembrar que o sistema híbrido leve de 48V não é capaz de movimentar o veículo, mas serve para recuperar a energia das frenagens e armazená-la em uma bateria específica.

Novos equipamentos

Uma das novidades é a adição do sistema Driving Assistant Professional, oferecido como opcional, que auxilia o motorista mostrando informações no quadro de instrumentos digital. Os modelos recebem ainda a o sistema Parking Assistant Plus que permite percorrer os últimos metros em marcha a ré, além do opcional Drive Recorder que registra vídeos dos arredores do veículo.


Versões esportivas M

Completam a gama as versões BMW X3 M Competition e X4 M Competition, que tiveram melhorias no desempenho. Ambos adotam motor a gasolina TwinPower Turbo de seis cilindros em linha, com potência de 510 cv e torque máximo de 66,28 kgfm, sendo 5,1 kgfm a mais que seus antecessores.


A BMW reforça que isso permitiu uma melhoria de 0,3 segundos na aceleração de 0 a 100 km/h, agora feita em 3,8 segundos. A velocidade máxima é limitada eletronicamente em 250 km/h. Ambos chegarão ao mercado em agosto deste ano.


 

 

Fotos: Divulgação

The post BMW X3 e X4 ganham novo visual e sistema híbrido leve appeared first on Revista Carro.

Leave a comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.