EUA: Texas quer taxa anual de US$ 450 para elétricos


O Texas decidiu impor uma taxa especial que não agradará em nada os proprietários de carros elétricos na terra do petróleo. O governo de Austin quer um tributo anual de US$ 450,00.

O motivo da imposição é a queda na arrecadação de impostos para investimentos em estradas no estado do sul dos EUA.

Como a gasolina vendida na região tem imposto estadual embutido para aplicação no sistema rodoviário, a queda no consumo do derivado de petróleo gerou um déficit na receita da fazenda texana.

Essa redução no consumo teria relação com as vendas de carros elétricos, que no estado americano representa uma frota de 300 mil veículos.

Assim, na proposta, ainda não aprovada, somente os carros elétricos terão de recolher anualmente US$ 450,00, exatamente por não consumir gasolina.

Se fosse em qualquer estado brasileiro, seria de R$ 2.254, praticamente o IPVA de um carro de R$ 57.000.

De acordo com o governo texano, a queda na arrecadação afetou o fundo de conservação de rodovias.

Na região, a energia elétrica também é taxada, porém, o imposto é bem menor que o do combustível.

Com mais de 128 mil km de estrada, o Texas também taxará os carros híbridos plug-in, mesmo que estes também usem a gasolina.

Este terá tributação diferente, mas não escaparão. O imposto será aplicado em duas fases, a primeira custará até US$ 250 para carros novos.

Para usados com mais de 14.500 km rodados, serão adicionados mais US$ 190,00 e, por fim, US$ 10,00 para eleger o conselho consultivo.

Com marcas como a Tesla, investindo no Texas, o imposto deverá ser indigesto para muita gente, mas até agora Elon Musk não se pronunciou sobre a ideia.

Bem na capital do Texas, Musk constrói uma Gigafactory que poderá alcança 1.000.000 de carros ao ano, impondo modelos como Cybertruck e Model Y.

[Fonte: FCE]

 

 

Notícias Automotivas

Leave a comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.