Ford Ranger 2023 não muda de geração e perde itens


Nova linha da picape já é anunciada pela marca no Brasil e traz redução de equipamentos

 

À espera do início da produção da nova geração na Argentina, confirmada somente para o próximo ano, a Ford já prepara o lançamento da linha 2023 da atual picape para as próximas semanas. Sem mudança de geração, a Ford Ranger 2023 terá redução na lista de equipamentos e ajustes de calibração dos motores 2.2 e 3.2.

Ainda sem preços revelados, a gama da Ford Ranger 2023 terá as mesmas versões atuais (XL, XLS, Black, Storm, XLT e Limited), com opções de cabine simples (somente XL) e cabine dupla. Atualmente, a linha 2022 picape tem preços entre R$ 203.190 e R$ 304.990. Os valores serão reajustados para cima, a fim de abrir espaço para o lançamento da Maverick, que terá mecânica de Bronco Sport e tabela inicial ao redor de R$ 250 mil.


Mesmo com a mudança de geração confirmada para o próximo ano, a Ranger 2023 estreia no Brasil com redução na lista de equipamentos de série. As versões XLS 4×4, Black e Storm perderam o ar-condicionado digital automático de duas zonas e, agora, trazem o mesmo sistema de ajuste manual e zona única de temperatura das versões básicas. 

Outra simplificação da Ford Ranger 2023 está na central multimídia das versões XLS 4×4, Black e Storm, que trocam o sistema Sync 3 pelo sistema Sync 2.5. Apesar de manter a tela tátil de 8 polegada com espelhamento de Android Auto e Apple CarPlay, o Sync 2.5 não traz o sistema de assistência de emergência e comandos de voz em português. Estes itens passam a ser exclusivos dos acabamentos XLT e Limited. Já o sistema de conectividade remota FordPass Connect, que estreou na linha 2022 da picape, continua a vir de fábrica para toda a gama.

A Ranger Black 2023 também perdeu uma das duas telas digitais de 4,2” no quadro de instrumentos. Apesar da redução dos equipamentos nas versões intermediárias, a Ranger XLT 2023 ganhou ajustes elétricos e regulagem lombar manual para o banco do motorista, itens antes restritos à Ranger Limited.

A fabricante também confirma que a Ford Ranger 2023 terá “sistema redutor de poluentes” no Brasil, a fim de atender aos novos limites de emissões do Proconve L7. Como em modelos da Stellantis, o tratamento de gases deverá ser feito com Arla 32. Com nova calibração, os atuais motores 2.2 turbodiesel (160cv) e 3.2 turbodiesel (200 cv) poderão ter redução nos níveis de potência e torque.

Foto: Reprodução/Ford

The post Ford Ranger 2023 não muda de geração e perde itens appeared first on Revista Carro.

Nova linha da picape já é anunciada pela marca no Brasil e traz redução de equipamentos   À espera do início da produção da nova geração na Argentina, confirmada somente para o próximo ano, a Ford já prepara o lançamento da linha 2023 da atual picape para as próximas semanas. Sem mudança de geração, a
The post Ford Ranger 2023 não muda de geração e perde itens appeared first on Revista Carro.

Leave a comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.