Montadora de caminhões TatraBras investirá R$ 102 milhões em Ponta Grossa (PR)


Montadora de caminhões TatraBras investirá R$ 102 milhões em Ponta Grossa (PR)

Boa parte dos componentes dos caminhões deve ser adquirida da DAF

FONTE: Agência Estadual de Notícias

A montadora de caminhões TatraBras, subsidiária da Tatra Trucks, que pertence ao grupo CSG Aerospace, da República Tcheca, oficializou investimento de R$ 102 milhões até 2026 em uma planta em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais. O protocolo de adesão da empresa ao programa de benefícios fiscais do Paraná foi assinado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e pelo presidente da empresa, Rui Lemes, no Palácio Iguaçu no dia 3 de setembro.

Segundo a Agência Estadual de Notícias (AEN) do Paraná, serão gerados aproximadamente 300 empregos diretos no período de vigência do acordo, que prevê, ainda, preferência para contratação de mão de obra local e intercâmbio de dez estudantes brasileiros para participar de um programa de treinamento na matriz da Tatra, em Kopřivnice, na República Tcheca. A transferência de tecnologia, instalação da fábrica e início efetivo da produção estão previstos para fevereiro de 2021.

A TatraBras vai produzir em Ponta Grossa veículos off-road para solos difíceis nas categorias 6×6 e 8×8, voltados para os setores de mineração, produção florestal e sucroalcooleiro. A empresa deve desenvolver, ainda, veículos pesados para as áreas militares e de defesa. A produção atenderá o mercado brasileiro, sul-americano e a África, e a expectativa de volume de negócios deve ultrapassar R$ 500 milhões nos próximos anos.

O governador disse que a TatraBras se insere em um mercado com muito potencial no País e destacou o ingresso de mais uma empresa no cenário automobilístico estadual. O Paraná é um dos maiores polos produtores do País nesse setor. “A Tatra é um grande player mundial em caminhões pesados. O Brasil tem uma demanda gigante nesse setor porque é um grande produtor de álcool, de minério e de celulose a partir de campos florestais”, afirmou Ratinho Junior.

O vice-governador Darci Piana, ex-cônsul honorário da República Tcheca no Brasil, foi um dos principais responsáveis pela atração da empresa. As negociações começaram há cerca de dois anos e foram concretizadas em uma viagem dele representando o Governo do Estado à Europa no ano passado.

PRODUÇÃO – Essa será a primeira planta da montadora no Brasil. O barracão de seis mil metros quadrados que abrigará a multinacional começou a ser construído há aproximadamente um ano e fica no distrito industrial de Ponta Grossa, às margens da BR-376. Num segundo momento ela também terá uma pista de teste para os veículos no município.

Inicialmente a produção utilizará o sistema CKD (somente montagem no Paraná), mas os últimos meses de 2020 já serão utilizados para estruturar o início do ciclo de investimentos mais robusto da empresa nesta planta para produzir veículos a partir de partes, motores, componentes e acessórios fabricados ou fornecidos por empresas brasileiras, especialmente paranaenses. A planta terá capacidade para produzir 225 caminhões por ano a partir de 2022 e até 800 caminhões/ano depois de 2025.

Boa parte dos componentes dos caminhões deve ser adquirida da DAF de Ponta Grossa, que pertence ao grupo PACCAR, com quem o CSG Aerospace tem uma parceria na Europa. Muitas peças utilizadas pelos caminhões e veículos da Tatra no exterior são provenientes da DAF, como os motores, cabines, conjuntos ópticos, entre outros itens.

TATRA – A montadora automotiva é uma das fábricas de caminhões mais antigas do mundo, com 170 anos de história. Ela é conhecida pelos veículos de alta tecnologia, caminhões para a indústria bélica e sobreviveu a duas grandes guerras mundiais no século passado e às grandes transformações da República Tcheca, antigo Império Austro-Húngaro e Tchecoslováquia.

Com a instalação da TatraBras, o Paraná se consolida como um dos maiores polos automotivos do Brasil. Atualmente o parque paranaense responde por 15% da produção nacional de veículos, segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

O Paraná abriga montadoras globais de veículos como a Renault, Volkswagen-Audi, Volvo e DAF; de maquinário, como New Holland e Caterpillar; de motores, FCA Fiat Chrysler e Paccar; e de pneus, Dunlop. A produção deste grupo abastece o mercado doméstico e também países da América do Sul, Europa, Ásia e Estados Unidos.

O post Montadora de caminhões TatraBras investirá R$ 102 milhões em Ponta Grossa (PR) apareceu primeiro em Revista Carga Pesada.

Source: Carga Pesada

Leave a comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.